1 de junho de 2011

O Entreter no Carnaval da Vila Esperança

No dia 5 de março de 201, por volta da 20h, realizei uma visita ao Sambódromo da Vila Esperança, no trecho da Rua Alvinópolis entre as Ruas Mirandinha e Rua Otília, ao lado do metrô Vila Matilde para assistir aos desfiles das Escolas de Samba da UESP, representadas por variados grupos, como o Ermeliense, do bairro Ermelino Matarazzo, Mocidade Robruense, do Jardim Robrú e Unidos de Guaianases, do bairro Guaianases. O espaço destinado ao desfile é totalmente fechado para carros e, para entrar a pé, havia seguranças nas catracas improvisadas na entrada.

A hospitalidade referente a este evento foi notada em relação à estrutura, mesmo precária, que o local oferecia através de arquibancadas direcionadas a idosos, espaço reservado chamado PNE (Portadores de Necessidades Especiais) para deficientes físicos se acomodarem e postos de saúde moveis. Foi possível observar uma acessibilidade com relação ao PNE, que prova uma preocupação com o publico do evento.
O Evento é direcionado para o entretenimento do publico alvo. O entreter parte do principio de uma ou mais organizações anfitriãs, neste caso a UESP (União das Escolas de Samba de São Paulo), a Subprefeitura da Penha, a SP Turis, a Radio Tropical FM (107,9) e o Hotel Universe, ofereçam um evento, show ou momento de lazer com recreação, distraindo e divertindo as pessoas presentes.

O Entreter no Carnaval é mostrado com uma festa com muita musica, dança e, é claro, bebidas. O publico brasileiro, não somente da região onde ocorre o evento visitado, se alegra e participa da festa de todas as maneiras tornando estes dias de festa em dias em que o intuito é se divertir.

Carnaval Sambodromo Vila Esperança
Fonte: Simone Tiemy Barçanelli

Nenhum comentário:

Postar um comentário